Home > Notícias > Detalhes
Notícias
01/12/2017 10h38
Plano de Carreira para praças depende de união para prosseguir
Not�cias

Recentemente, a AMAI e o Fórum de Entidades Representativas convidou o Cabo Carlos para conversar sobre a carreira das praças e sobre como agilizar o andamento dos projetos legislativos que estão no Governo. Infelizmente, ele não compareceu à reunião, mas o convite fica em aberto.

Segundo presidente da AMAI, coronel Elizeu Furquim, o desejo expressado pelo chamado grupo praças unidos é o mesmo desejo dos milhares de associados da AMAI, de ter uma carreira similar a dos oficiais. “Porém, não podemos nos limitar a novas enganações como foram a Lei Xavier, QEOPM e outras, que criavam expectativas, mas não refletiram uma melhora, sem esquecer das outras legislações que precisam ser modificadas”, explicou ele.

A rigor não existe um projeto elaborado pelos Praças Unidos, o que existe é uma solicitação, que era muito mais ampla. Neste sentido, inclusive, a AMAI recebeu de associados de Foz do Iguaçu, em 2015, a chamada proposta de carreira única. (clique aqui e confira)

Também foi encaminhado à comissão paritária, instituída para debater necessárias alterações legislativas da PMPR, outras sugestões que ampliam o projeto. Confira:

Clique e confira a Proposta dos associados

Clique e confira a Proposta da APRA

O que está tramitando no protocolo 14.707.324-0 é um substitutivo elaborado pelo comando da PMPR, tanto que o Comandante Geral fez um vídeo em apoio ao projeto, embora não atenda plenamente aos anseios expressados pela grande maioria dos nossos associados, pois não garante uma carreira e não estabelece critérios transparentes e justos, e segundo a Casa Civil carece de adequações.

Clique e leia aqui o despacho da Casa Civil
Clique e veja o vídeo de apoio do Comandante Geral

O mais grave, não atende as demais reivindicações, de um processo disciplinar justo, do fim das prisões administrativas, de estender o benefício de abono permanência para praças aos 25 anos de serviço,  por isso a necessidade de união pode fazer com que todos os praças sejam respeitados e atendidos, afinal milhares de seguidores da página Praças Unidos, também são sócios da AMAI, e o grande objetivo da AMAI é possibilitar a união de todos, praças e oficiais, ativos e inativos, e o atingimento de uma pauta que é de todos e deve ser a nossa prioridade.

Comentários
# Nome
# E-mail
# Comentário
# Verfficação (digite as palavras da imagem no campo de texto)
08/12/2017 - 10h55
emerson
Amai vai consegui barra o sonhado plano de carreira dos praças...Por favor deixem o protocolo prossegui porque é vocês que tão travando
08/12/2017 - 13h54
AMAI
Olá, Emerson!
A AMAI encabeça essa luta desde 2014 e trilha uma estrada legítima que veio bem antes de outras ideias que tem ganhado força. Nosso plano foi elaborado por praças, oficiais e advogados.

Atenciosamente,
COMUNICAÇÃO AMAI
06/12/2017 - 22h44
FALTA DE TRANSPARENCIA E ATUAÇÃO DA AMAI!!!!!
FALTA DE TRANSPARENCIA E ATUAÇÃO DA AMAI??????solicito que sejam publicados documentos que comprovam a atuação proativa da amai em defesa dos direitos e melhorias para aos policiais, a amai não é a associaçao que luta pela familia policial???
1-Publiqem os documentos na integra que encaminharam e protocolaram solicitando a implantação do cartão ou vale alimentação aos policiais?? publiquem tambem as respostas que receberam.
2- publiquem as solicitações e documentos na integra encaminharam e protocolaram solicitando a enquadramento correto ( escalonamento vertical) e implantação do nivel 11, publiqem também as repostas que receberam.
3- Puliquem quantos solicitações e pedidos de acessoa a informação na integra encaminharam e protocolaram com relação a processos sem nenhum fundamento ou base legal instaurados contra os policiais e que providências foram tomadas pela AMAI, se representaram contra estes abusos e encaminharam alguma solicitação ou representação ao ministerio publido dos direitos do cidadão para que estes abusos parem de acontecer?
4- publiquem os documentos na integra que já foram protocolados com as solicitações de mudanças na legislação, sugestões de projetos de leis e documentos que cobram das autoridades competentes mudanças e modernização na legislação institucional, publiquem também as respostas que já receberam;
5- Com relação ao abono permanencia publiquem quantos reuniões e documentos protocolaram solicitando o abono a partir dos 25 anos, publiquem as respostas que receberam.
6- Com relação a modernização e a implantação de documentos digitais quantas solicitações e sugestões protocolaram para que a PMPR diminua a burocracia e melhore a transparência nos serviços para que se preste melhores serviços publicos de segurança e melhores a atuação dos policiais dando a este segurança juridica na sua atuação?
Enfim publiquem os documentos que comprovam a atuação proativa da AMAI e as repostas que recebem das autoridades competentes como foi feito aqui nesta proposta.
Sugiro ainda que quando ocorram reuniões de assuntos de interesse dos policiais que estas reuniões sejam gravadas e disponibilizadas para conhecimento de todos para acompanhamento e analise.
07/12/2017 - 14h05
AMAI
Olá!
Já compreendemos sua ideia.
Não precisa repetir o comentário toda hora.

Continue acompanhando o trabalho da entidade que tudo é e será publicado às claras.

Atenciosamente,
COMUNICAÇÃO AMAI
06/12/2017 - 14h23
valdemir
A Amai composta na maioria por oficiais vem dizer que é a favor do fim das prisões administrativas, sendo que sua cúpula, "sabe deus", colocou quantos praças na cadeia quando estiveram na ativa. Prisões estas na maioria com excessos de discricionariedade, violando o princípios constitucionais como e o caso do principio da inafastabilidade do controle jurisdicional dos atos administrativos.
07/12/2017 - 13h53
AMAI
Olá, Valdemir!

O projeto foi elaborado com a participação de advogados, praças e oficiais.

Atenciosamente,
COMUNICAÇÃO AMAI
05/12/2017 - 10h00
edvaldo colonhese gama
Qual vai ser a influencia do plano de carreira dos praças para quem já esta na RR ?
07/12/2017 - 13h49
AMAI
Olá, Edvaldo!

Quem está na RR não perderá os vencimentos e nem será submetido a processo disciplinar, bem como voltará a ter liberdade de expressão.

Atenciosamente,
COMUNICAÇÃO
AMAI
04/12/2017 - 12h18
jader
O plano do Cb. Carlos é horrivel.
Todo mundo vai ser cabo e sargento com um salário baixo.

Prefiro ser soldado com um salário digno do que sargento passando fome.

#cabocarlos não me representa
06/12/2017 - 14h55
AMAI
Olá, Jader!

Esperamos que o projeto da AMAI possa agradá-lo. Temos a certeza de que é o melhor.

Atenciosamente,
COMUNICAÇÃO AMAI
02/12/2017 - 09h24
RR-
Precisamos nivelar as diferenças (muitas diferenças) que existe dentro da mesma instituição policia militar, são cassino para oficiais separados, rancho, refeitório e refeição, alojamentos, viaturas, fardamentos e armamentos e até associações de lazer da PM tem suas colônias separadas entre ambos, praças, subtenentes e oficiais. DISCRIMINAÇÃO QUE BEIRA A DESCRÂNCIA TOTAL E VERGONHOSA! O QUE O "CIDADÃO" QUE ENTRA PARA ACADEMIA MILITARPARA FAZER CURSO DE OFIFICAL POSSUI MAIS DO QUE UM QUE ENTRA NA CARREIRA MILITAR PARA PRAÇAS!? APESAR QUE EXIGE SE SIMPLESMENTE O SEGUNDO GRAU HOJE QUALQUER PIÁ TEM CURSO SUPERIOR.TANTO É ASSIM QUE PODE ENUMERAR NUMA MÃO OS POUCOS QUE AINDA NÃO POSSUEM CURSO SUPERIOR. E O FATO MAIOR,NECESSÁRIO É QUEM EXECE A ATIVIDADE FIM DA INSTITUIÇÃO NAS RUAS, PRENDER, SOCORRER, SALVAR VIDAS E COMBATER A VIOLENCIA CHAMA-SE PRAÇAS DE PRÉ! IMCOMPARAVEL O QUE RECEBEM COMO SALARIO PERTO DOS OFICIAIS! A TEMPOS ATRÁS HOUVE UMA TENTATIVA DE MUDANÇAS DESSE MODO"UNIFICAR AS POLICIAIS"CIVIL E MILITAR,CARREIRA UNICA E NÃO FOI PRA FRENTE, CORRESPONDIDO DEVIDO A AMEÇA DOS OFICIAIS QUE ENCURRALARAM A TROPA NOS QUARTEIS E FORÇARAM UMA SITUAÇÃO QUE ACABOU NO QUE ESTA INSTALADA HOJE! UNS GANHAM MUITO E NÃO FAZEM ABSOLUTAMENTE NADA E OUTROS " CARREGAM INSTITUIÇÃO NAS COSTAS" CORRENDO RISCOS E NADA GANHAM! QUALQUER REUNIÃO, MANIFESTO, OPINIÃO, PALESTRA, FROMATURAS, JANTARES OFICIAIS SE ACHAM A "CEREJA DO BOLO" O QUE CHEGA ATÉ SER VERGONHOSO PERANTE O QUE DIZ A CARTA MAGNA QUE TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI, INDEPENDEM DE COR, RAÇA OU CONTA BANCÁRIA!TÁ NA HORA DE MUDAR MUITA COISA!! É NOSSA OPINIÃO!!
06/12/2017 - 20h26
valdemir
disse tudo
01/12/2017 - 22h35
Gerson Cicielski
Venho através desta, saber onde fica o pessoal que trabalha na área de saúde, parece que não existe, em nenhum quadro.Dai cade aquele dizer : Todo profissional planeja alcançar o crescimento profissional, quando conquista uma profissão . O crescimento na área é uma das metas quando se inicia uma carreira,seja chegar ao cargo de chefia ou simplesmente ser reconhecido pelo seu trabalho. Mas se vê ao contrario não se tem nenhum incentivo.Toda conquista começa com a decisão de tentar.Mas as vezes desanima. O grande segredo de uma vida boa é descobrir qual é o seu destino. E realizá-lo. Obrigado. Cb Gerson Cicielski 30 anos de Policia e 27 anos só de Hospital.no total 33 anos com quase 3 anos de Exercito. Vividos de ilusões e promessas.Nada muda.sempre vai ter um empecilho.
01/12/2017 - 18h31
Claudemir Jose Cabrera
Peço e exijo que retirem minha sugestão de plano de carreira "proposta do associado", isso foi enviado para esta entidade ha mais de cinco anos, quando vocês ainda sugavam meu dinheiro em mensalidades, portanto eu não autorizo a publicação de nada que houver meu nome envolvido (inclusive meu nome esta errado CLAUDEMIR CABREIRA).

Se tivessem dado atenção na época talvez eu ainda seria um sócio da AMAI, porem não nem enganam mais.
06/12/2017 - 15h08
AMAI
Olá, Claudemir.
Estamos tomando as devidas providências. As sugestões foram solicitadas há dois anos e entregues à direção da AMAI como foram escritas, sem nenhuma alteração do nome ou de qualquer outra informação.

Mas entendemos sua opinião.

Atenciosamente,
COMUNICAÇÃO AMAI
Exibir mais comentários
Encontre no site da AMAI
Jornal AMAI
Assine nossa newsletter
# Nome
# E-mail
# CPF
# É associado?
     
© 2012 AMAI Associação de Defesa dos Direitos dos Policiais Militares Ativos Inativos e Pensionistas. Todos os direitos reservados.