Home > Notícias > Detalhes
Notícias
24/10/2017 10h10
AMAI busca apoio de deputados para garantir abono permanência aos 25 anos
Not�cias

A AMAI participou de uma reunião com o líder do governo na ALEP, deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, na segunda-feira (23), para tratar do veto do governador Beto Richa, ao projeto de Lei Estadual nº 19.130, que institui o pagamento de diária por atividade extrajornada e aumenta o abono permanência aos policias militares.

O diretor de comunicação da AMAI, coronel César Alberto Souza, falou da necessidade de garantir o abono permanência aos 25 anos de serviço, tempo no qual muito policiais, sem incentivo, acabam solicitando sua passagem para a reserva remunerada. “Queremos criar a possibilidade para que eles continuem um pouco mais no efetivo e tenham uma renda melhor”, explicou ele.

Em resposta o deputado afirmou que fará contato com a Comissão de Segurança da ALEP e com a base aliada, para viabilizar o encaminhamento de um novo projeto de lei, pelo governador, beneficiando os praças com mais de 25 anos de serviço. Segundo ele, a emenda do abono permanência foi vetada devido a um problema técnico, porém, derrubar o veto não traria efeito prático, uma vez que depende de regulamentação do próprio executivo.

O representante da AMAI saiu da reunião bastante confiante no encaminhamento deste novo projeto; e a Associação se manterá ativa nos trabalhos políticos e mobilizada para garantir este direitos aos policiais e bombeiros militares. Os deputados estaduais Marcio Pacheco, Rubens Recalcatti e Ney Leprevost também já declararam seu apoio à AMAI nesta luta!

Comentários
# Nome
# E-mail
# Comentário
# Verfficação (digite as palavras da imagem no campo de texto)
30/10/2017 - 11h21
da costa
o pior caro Rogério que eles não tem vergonha na cara porque eles tem a cara de pau de ir nos quarteis pedir votos temos que perder tempo de ir no quartel para ouvir ladrões fazer promessas falsas o que mais me doía era ver os meus companheiros puça saco apertando as mãos desses malditos quando eu estava na ativa eu ia mas nunca dei atenção para o que eles falava porque era perda de tempo eu quero ver este ano o que eles vão fazer porque esse ano eles votaram todos contra as classe policiais então vamos mostrar na urna que para ver que tem mais força se e nos ou eles porque que depende de nos e não nos deles e isso companheiros vamos dar o troco.
28/10/2017 - 03h58
Renato Raia
ENTÃO AMAI E JUSTO LUTAR PELA PROGRESSÃO DOS NOSSOS IRMÃO, MAIS TAMBÉM SERIA JUSTO LUTAR POR NOS TAMBÉM QUE ESTAMOS NA RESERVA E NÃO RECEBEMOS NADA DE REPOSIÇÃO SÓ LEMBRANDO QUE CONTRIBUÍMOS COM A AMAI, POR FAVOR OLHE PARA A GENTE TAMBÉM , POIS AJUDAMOS NA HISTORIA DESSA GLORIOSA POLICIA MILITAR.
QUANTO A ESTES DEPUTADOS SÓ ARRUMAM DESCULPA SE O GOVERNO NÃO QUER ATENDER ELES E SIMPLES SÓ NÃO VOTAR NOS PROJETOS QUE ESSE GOVERNO ENGANADOR PEDE AI IRÃO VER SE ELE NÃO, OLHA COM BONS OLHA EXEMPLO ESSE DO NOSSO QUERIDO PRESIDENTE DEU TUDO QUE OS PARLAMENTARES PEDIU.....
26/10/2017 - 15h11
Rogerio
A unica resposta será ano que vem, espero que esses malditos políticos ladroes e corruptos, tenham a resposta quando vierem pedir votos dos praças, vão VTNC, e tomara que este governo não se eleja pra nada, ai quero ver responder na justiça sem a prerrogativa de cargo e sem o foro privilegiado, vai ter muito trabalho o MPE. Operação Quadro Negro a vista.
26/10/2017 - 11h09
Marcio
Pela votação de ontem, vê-se que enganaram os representantes da amai....
25/10/2017 - 09h54
Rogerio
Problema técnico, me engana que eu gosto, só espero que nas eleições do ano que vem, o povo paranaense faça uma limpa nessa ALEP, não votando nesses corruptos vendidos, vamos tirar esses corruptos do poder através do voto e de preferencia eleger candidatos que defendam os direitos do povo.
24/10/2017 - 11h47
JOAO BATISTA MACHADO
E nós que contribuímos 30 anos, fomos para a reserva e continuamos pagando. É bonito isso? Vão brigar por nós.
24/10/2017 - 11h09
rafael venancio
Acho que pelo menos com 27 anos seria bom para o governo e razoável para o PM, pois alguns ficam até 27 para pegar um dinheirinho a mais, depois sai, para RR, mas se pagar após os 27 com certeza o policial fica até os 30 anos.
24/10/2017 - 10h52
RR
Difícil para uma associação onde tem que admitir, conversar, dialogar com uma classe de sujeitos desqualificados, desacreditados para poder rever algo em prol do que representa. Politicos são todos bandidos não há como dar uma guinada de 180º contra estas imundices uma vez que a maioria da classe que AMAI representa não precisa tanto de favores dessas corjas instaladas no poder!? O GOVERNO DESSE CARA É A MAIS PURA SACANEGEM QUE OS SERVIDORES E APOSENTADOS DO ESTADO JÁ VIRAM, O SUJEITO É OMISSO, DESCARADO, DISSIMULADO E DEIXOU OS APOSENTADO NA "MAIOR MERDA" NO SEU GOVERNO E NÃO PODEMOS DAR CREDITO A ESTAS PRAGAS UMA VEZ QUE A ASSOCIAÇÃO LUTA POR UMA CLASSE MILITARES E NÃO PARA OS POUCOS QUE VIVEM A RODEAR ESTE GOVERNO EM PROL DOS PRÓPRIOS UMBIGOS! Algo precisa ser feito aposentados estão sem reposição nenhuma, aposentado não tem progressão ou promoção estamos com "dedo no c/ú" a muito senhores !! E a "gestora de beneficio' do estado PARANAPREVIDENCIA ainda nos ROUBA sem pestanejar e na maior cara dura!
Exibir mais comentários
Encontre no site da AMAI
Jornal AMAI
Assine nossa newsletter
# Nome
# E-mail
# CPF
# É associado?
     
© 2012 AMAI Associação de Defesa dos Direitos dos Policiais Militares Ativos Inativos e Pensionistas. Todos os direitos reservados.