Home > Notícias > Detalhes
Notícias
05/01/2017 10h37
Mais um policial é morto em confronto com criminosos no RJ
Not�cias

A notícia de que seis policiais foram assassinados nos primeiros cinco dias do ano, no Estado do Rio de Janeiro, assusta sobre o que podemos esperar de 2017. Nossos policiais cada dia menos valorizados, correndo mais riscos, perdendo suas vidas.

Em Umuarama, a morte de um jovem, vítima de latrocínio, pode estar relacionada ao fato do pai ser PM. Não que a simples questão da violência já não seja lamentável, vitimando centenas de pessoas todos os dias no Brasil, mas a relação de mortes à profissão policial é abominável e precisa ser revertida.

Fonte: G1

O soldado é o sexto policial morto nos primeiros cinco dias de 2017. Sete criminosos tentaram roubar uma carga e atiraram contra três PMs que estavam próximo ao local.

 

Mais um policial morreu na madrugada desta quinta-feira (5), na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O soldado da PM é o sexto policial morto em apenas cinco dias no estado. O crime aconteceu na Rodovia Presidente Dutra, na pista sentido Rio, altura de Comendador Soares, em Nova Iguaçu. O militar Marcelo Abdala Neder, que trabalhava no batalhão do Méier, estava a caminho do trabalho quando foi atacado e morto.

 

Ele e outros dois PMs passavam na região, quando sete criminosos tentaram roubar uma carga na rodovia. Os três PMs foram reconhecidos e atacados pelos assaltantes. O soldado morreu e os outros dois policiais ficaram feridos. Os criminosos levaram as armas e o carro onde os PMs estavam. Um militar foi atingido no joelho direito e o outro acabou sendo agredido fisicamente. O crime ocorreu por volta das 4h.

A investigação está sendo conduzida pela Polícia Militar e pela Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense e o trânsito eta lento na região por volta das 7h30.

 

Na noite desta quarta (4), outro PM morreu e um casal ficou gravemente ferido durante assalto a uma joalheria. Segundo informações do 6º BPM (Tijuca), o batalhão foi acionado por volta das 20h30 para a ocorrência. O centro comercial, que fica na Rua Barão de Mesquita, fica próximo a vários outros estabelecimentos. Em 2015, uma mulher foi baleada durante tentativa de assalto na frente de um deles.

No assalto desta quarta, houve pânico e pedestres acharam que se tratava de um arrastão. Várias pessoas correram para o interior de outro centro comercial da região tentando se abrigar.

Comentários
# Nome
# E-mail
# Comentário
# Verfficação (digite as palavras da imagem no campo de texto)
Nenhum comentário foi localizado. Seja o primeiro a comentar!
Exibir mais comentários
Encontre no site da AMAI
Enquete
Bombeiros militares, associados à AMAI, estão interessados em participar do CFC / CFS BM 2017?
Jornal AMAI
Assine nossa newsletter
# Nome
# E-mail
# CPF
# É associado?
     
© 2012 AMAI Associação de Defesa dos Direitos dos Policiais Militares Ativos Inativos e Pensionistas. Todos os direitos reservados.