Notícias

24/09/2018 11:15

Coronel Furquim alerta sobre a liberdade dos associados no processo eleitoral da AMAI

Coronel Furquim alerta sobre a liberdade dos associados no processo eleitoral da AMAI

Senhores associados,

Fomos surpreendidos com uma missiva via Whatsapp, repassada pela Cel RR Fem Aparecida, associada da AMAI, uma das candidatas a representante na câmara dos oficiais superiores.

Infelizmente, essa manifestação tumultua o processo eleitoral da AMAI porque desvirtua a filosofia que orientou a fundação da nossa entidade. As eleições são em duas fases: a primeira, em que cada um escolhe livremente seu representante nas Câmaras (neste ano esta etapa acontecerá no dia 26 de setembro); e a segunda etapa, quando esses representantes escolhem o Conselho Diretor e o Conselho Fiscal.

Ao contrário da AVM, onde nossa missivista é assalariada, a CAMPANHA não é atrelada. Cada um dos 18 mil associados pode livremente escolher o seu representante, e não apenas votar nos 29 indicados pela coronela - em desrespeito ao total de 110 ótimos candidatos, que se dispõem, sem remuneração alguma, a lutar pelos interesses dos seres humanos que compõem a família miliciana, os militares estaduais e pensionistas. Em sua lista, como se sabe, ela prioriza outros assalariados da AVM e conselheiros da Assofepar, dando a entender que a AMAI deverá se tornar um apêndice das Associações dos Oficiais, sufocando de vez as vozes da representatividade universal.

A mesquinhez é tamanha, que não acreditamos que os citados também façam parte desse jogo de cartas marcadas que a missivista, ou seu mentor, tenta impor.

A AMAI disponibiliza em seu site a relação de todos os candidatos: http://www.amai.org.br/noticia/3140/eleicoes-amai-confira-os-candidatos-as-camaras-de-representacao

Escolha o seu livremente, pois, além de escolher o Conselho Diretor e o Conselho Fiscal, eles serão a sua voz pelos próximos três anos. Eles é que estabelecerão o valor da mensalidade da AMAI, quais ações a AMAI deverá propor. Enfim, eles representarão cada um de vocês.

Como um dos fundadores da AMAI e seu presidente por 27 anos, não poderia deixar de alertá-los sobre essa tentativa de partidarizar politicamente as eleições da AMAI, onde todos os sócios podem votar e serem votados. Associados, vigiem para que a AMAI continue sendo universal, para que sempre possa lutar por você.

Curitiba, 22 de setembro de 2018.

Elizeu Ferraz Furquim

Presidente da AMAI

Encontre no site da AMAI

BENEFÍCIOS

Assine nossa newsletter