Notícias

24/10/2017 10:10

AMAI busca apoio de deputados para garantir abono permanência aos 25 anos

AMAI busca apoio de deputados para garantir abono permanência aos 25 anos

A AMAI participou de uma reunião com o líder do governo na ALEP, deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, na segunda-feira (23), para tratar do veto do governador Beto Richa, ao projeto de Lei Estadual nº 19.130, que institui o pagamento de diária por atividade extrajornada e aumenta o abono permanência aos policias militares.

O diretor de comunicação da AMAI, coronel César Alberto Souza, falou da necessidade de garantir o abono permanência aos 25 anos de serviço, tempo no qual muito policiais, sem incentivo, acabam solicitando sua passagem para a reserva remunerada. “Queremos criar a possibilidade para que eles continuem um pouco mais no efetivo e tenham uma renda melhor”, explicou ele.

Em resposta o deputado afirmou que fará contato com a Comissão de Segurança da ALEP e com a base aliada, para viabilizar o encaminhamento de um novo projeto de lei, pelo governador, beneficiando os praças com mais de 25 anos de serviço. Segundo ele, a emenda do abono permanência foi vetada devido a um problema técnico, porém, derrubar o veto não traria efeito prático, uma vez que depende de regulamentação do próprio executivo.

O representante da AMAI saiu da reunião bastante confiante no encaminhamento deste novo projeto; e a Associação se manterá ativa nos trabalhos políticos e mobilizada para garantir este direitos aos policiais e bombeiros militares. Os deputados estaduais Marcio Pacheco, Rubens Recalcatti e Ney Leprevost também já declararam seu apoio à AMAI nesta luta!

Encontre no site da AMAI

Assine nossa newsletter