Notícias

11/04/2017 12:17

Assembleia Geral Ordinária é realizada na sede da AMAI

Assembleia Geral Ordinária é realizada na sede da AMAI

Diretores, integrantes das câmaras de representação e demais associados participaram da Assembleia Geral Ordinária da AMAI, realizada na quarta-feira (05). Presidida pelo coronel Neuri Pires de Oliveira, a reunião promoveu o debate e aprovação de importantes medidas voltadas para a garantia e defesa dos direitos dos policiais e bombeiros militares.

O advogado Marinson Albuquerque solicitou a homologação do Mandado de Segurança do Curso de Formação de Oficiais com início em 2017, o qual beneficiou 340 associados. Segundo ele, devido ao trabalho da AMAI, buscando judicialmente a participação dos praças da ativa, com mais de 30 anos, no vestibular para o CFO, o Comando Geral da PMPR já informou o andamento de um projeto de lei para promover alterações legislativas que garantam permanentemente este direito.

Dando andamento à reunião, os presentes aprovaram a prestação de contas do ano fiscal 2016 e a posição financeira atualizada da entidade, apresentadas pelo contador da AMAI, William Bayer. A constituição de uma comissão especial para a compra de um imóvel na região onde já está localizada a sede da Associação, também foi aprovada, sendo integrada pelo tesoureiro, subtenente Carlos Alberto Goularte; o diretor de classe, subtenente Davi Rodrigues D'Almeida; o integrante da câmara de representação dos oficiais superiores, Pedro Gunha; e o associado, major Carlos Alberto Daher.

Posteriormente, a advogada Danielle Rocha solicitou a autorização para o ajuizamento de uma ação direta de inconstitucionalidade em face da Lei Estadual 18.907/16 (Lei de Diretrizes Orçamentárias do Paraná para o Exercício Financeiro de 2017); e a homologação do mandado de segurança impetrado para garantir a implantação da data-base de 2017, ambas aprovadas por unanimidade. Ela informou ainda sobre a execução das ações da devolução dos 4% da Paranaprevidência, e o pagamento das promoções e progressões. A assembleia também autorizou a inclusão dos novos sócios nas ações em andamento, uma demanda solicitada pala Justiça para conceder os direitos àqueles que se filiaram após o ingresso da ação.

Na oportunidade, o vice-presidente da AMAI, coronel Janary Maranhão Bussmann, informou aos participantes que está assumindo temporariamente a presidência da Associação, devido ao afastamento do coronel Elizeu Ferraz Furquim para tratamento médico. Também foram apresentados os novos integrantes das câmaras de representação: coronel Justino Henrique de Sampaio Filho, na câmara dos oficiais superiores; tenente Waldemiro Schiochetti, na câmara dos oficiais subalternos; e o subtenente Alcino de França Ferraz Fogaça, na câmara dos subtenentes e sargentos.

Encontre no site da AMAI

Assine nossa newsletter